Banheiro e filhos

maozinha

Deveria existir o EMATU, Estatuto da Mãe e Tutor, que nem tem o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

No EMATU ia ter um artigo que diz algo assim: Toda mamãe ou tutor tem o direito de ir ao banheiro fazer suas humildes necessidades sem uma ou mais crianças na porta berrando o seu nome e forçando o trinco.

Não haveria de ser o primeiro artigo, porque têm coisas muito mais importantes, mas precisa estar nesse estatuto.

Precisa, gente.

Claro, não ia adiantar de nada, eles continuariam fazendo exatamente isso, mas pelo menos a gente ia reclamar e se irritar com embasamento jurídico.