Traição

Eu tenho uma formiga preta que passeia pela minha mesa do trabalho.         Presumindo que ela é só uma, ela é minha, eu sou dela, a mesa é nossa.

Diversas vezes defendi ela de dedos alheios assassinos.
Diversas vezes ela me alegrou com o seu caminhar rapidinho e diligente.

Ontem eu vi que ela trouxe amigas.
Levou as amigas no meu pote de mel, dentro da gaveta.
A mesa é nossa, mas o pote de mel é meu.

Acho que acabou a amizade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s